Comissão Nacional http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br Pontos de Cultura Thu, 17 Oct 2013 18:57:45 +0000 pt-BR hourly 1 ORIENTAÇÃO DA CNPdC AOS ESTADOS – TEIA NACIONAL DA DIVERSIDADE 2014 http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/10/08/orientacao-da-cnpdc-aos-estados-teia-nacional-da-diversidade-2014/ http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/10/08/orientacao-da-cnpdc-aos-estados-teia-nacional-da-diversidade-2014/#respond Wed, 09 Oct 2013 02:34:29 +0000 http://pontosdecultura.org.br/?p=2523 ForunsEstaduais_recomendações_CNPdC_2013

 

São Paulo, 04 de outubro de 2013.

A CNPdC – Comissão Nacional dos Pontos de Cultura reunida em São Paulo, entre os dias 01 e 04 de outubro de 2013 no SESC Itaquera/SP, encaminha, em conjunto com a SCDC – Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural, do Ministério da Cultura as seguintes orientações a serem observadas pelos Fóruns e Teias Estaduais para a definição das delegações que irão participar do IV Fórum Nacional dos Pontos de Cultura e da Teia Nacional 2014:

1 – Cada Fórum Estadual deverá eleger seus delegados ao IV Fórum Nacional dos Pontos de Cultura conforme os seguintes critérios:

a) Estados com até 49 (quarenta e nove) Pontos de Cultura elegerão

10 (dez) delegados mais 25% do total de participantes no seu Fórum Estadual dos Pontos de Cultura;

b)Estados com 50 (cinquenta) Pontos de Cultura ou mais, elegerão

15 (quinze) delegados mais 25% do total de participantes no seu

Fórum Estadual dos Pontos de Cultura.

2 – Poderão participar da Teia Nacional 2014 todos os Pontos de Cultura presentes no seu Fórum ou Teia Estadual, sendo no máximo um representante por Ponto.

3 – Os representantes que irão participar da Teia Nacional 2014 deverão, no ato da inscrição indicar o Grupo Temático de sua preferência, dentre aqueles definidos pelo Regimento Interno do Fórum Nacional dos Pontos de Cultura. Caso o representante não se sinta contemplado por nenhum dos Grupos Temáticos apontados, poderá sugerir a criação de um novo Grupo. A criação efetiva dos Grupos Temáticos sugeridos no ato da inscrição, bem como a extinção de Grupos já existentes deverá ser aprovada pela Plenária de Abertura do IV Fórum Nacional dos Pontos de Cultura.

GTS Temáticos definidos nos Fóruns Nacionais dos Pontos de Cultura:

GT Ação Griô

GT Audiovisual

GT Criança e Adolescente

GT Cultura de Paz

GT Cultura Digital

GT Economia Solidária

GT Escola Viva

GT Estudantes

GT Gênero

GT Grupo Amazônico

GT HIP HOP

GT Juventude

GT Legislação

GT LGBT

GT Literatura, livro e leitura

GT Matriz Africana

GT Musica

GT Culturas Tradicionais e Indígenas

GT Patrimônio Material e Imaterial

GT Pontões e Articulação de Rede

GT Rádios Comunitárias

GT Rede da Terra

GT Ribeirinhos

GT Sustentabilidade

GT Capoeira

GT Dança

GT Circo

GT Teatro

GT Outros

 

COMISSÃO NACIONAL DOS PONTOS DE CULTURA

]]>
http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/10/08/orientacao-da-cnpdc-aos-estados-teia-nacional-da-diversidade-2014/feed/ 0
CARTA/PAUTA DA CNPdC À SECRETÁRIA MÁRCIA ROLLEMBERG 03/10/2013 http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/10/08/cartapauta-da-cnpdc-a-secretaria-marcia-rollemberg-03102013/ http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/10/08/cartapauta-da-cnpdc-a-secretaria-marcia-rollemberg-03102013/#respond Wed, 09 Oct 2013 02:09:54 +0000 http://pontosdecultura.org.br/?p=2517 CNPdC_Carta à Secretária_SCDC_OUTUBRO 2013

CNPdC

 

 

São Paulo, 03 de outubro de 2013.

Ao

Ministério da Cultura

A/C Srª. Márcia Rollemberg

Secretária de Cidadania Cultural

Prezada,

A Comissão Nacional reunida entre os dias 01 a 03 de outubro de 2013 no SESC Itaquera/SP, deliberou os seguintes encaminhamentos:

1-    Solicitamos esclarecimentos sobre as diretrizes resultantes do Redesenho que irão nortear as próximas ações do Programa Cultura Viva tais como: lançamentos de novos editais, instrumentos legais utilizados (convênios, prêmio, etc.), valores de referência para a definição de subsídios financeiros, prazos de execução dos contratos firmados.

2-    Solicitamos que seja disponibilizado em 15 dias um Relatório contextualizado do passivo dos Pontos de Cultura conveniados com o MinC desde 2004. Recomendamos também, quando couber, que seja adotado o Termo de Ajuste de Conduta (TAC) com as Instituições proponentes dos Pontos de Cultura. Essa medida visa permitir que as instituições beneficiadas tenham seus CNPJs livres de restrição.

3-    Reivindicamos que seja realizado um chamamento público para criação de um portal do Programa Cultura Viva em software livre, integrando as redes sociais, para dar visibilidade aos Pontos de Cultura e transparência aos recursos públicos investidos;

4-    Solicitamos que seja dado tratamento prioritário à liberação de recursos para a realização dos Fóruns e Teias Estaduais.

5-    Propomos que seja criado um edital de Interações Estéticas e Criação Coletiva, na modalidade concurso, e que contemple ao menos 1 projeto colaborativo entre Pontos de Cultura por estado, para que o produto seja apresentado na TEIA 2014;

6-    Reivindicamos que os representantes da CNPdC e seus respectivos suplentes do GT TEIA sejam imediatamente nomeados por meio de Portaria e que o processo de elaboração do projeto Teia 2014 seja retomado imediatamente. É fundamental que o escopo desse projeto compartilhado com a Comissão Nacional de Pontos de Cultura e com as demais Redes Estaduais e Municipais;

7-    Solicitamos a abertura de edital para a contratação de pessoal para integrar a Comissão Executiva da TEIA 2014 com os seguintes GTs de produção: 1. Relações Institucionais, 2. Infraestrutura e logística, 3. Finanças, 4. Mostra Artística e 5. Comunicação. Entendemos que esses editais deverão estar abertos à candidatura de membros da CNPdC que tiverem interesse e capacidade técnica comprovada.

8-    Reivindicamos que sejam lançados imediatamente novos editais de prêmios do Programa Cultura Viva em 2013, contemplando as diversas ações do Programa, a exemplo de: Areté, Cultura e Saúde, Ponto de Leitura, Intercâmbio Ponto a Ponto, Mídia Livre, Pontinho/Ludicidade, Ponto de Difusão e Tuxaua, Economia Solidária, Asas, Ação Griô, Escola Viva, Agente Cultura Viva.

9-    Reivindicamos que o Ministério da Cultura indique um novo representante a ocupar a cadeira dos Pontos de Cultura no Conselho Nacional de Política Cultural (CNPC) a partir da lista tríplice encaminhada pela CNPdC;

10- Propomos que seja realizado um estudo visando a implantação de um programa para atender demandas por melhorias de espaços culturais de organizações sem fins lucrativos.

 

Comissão Nacional dos Pontos de Cultura

 

 

 

]]>
http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/10/08/cartapauta-da-cnpdc-a-secretaria-marcia-rollemberg-03102013/feed/ 0
CARTA DA CNPdC ENTREGUE A MINISTRA MARTA SUPLICY http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/10/07/carta-da-cnpdc-entregue-a-ministra-marta-suplicy/ http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/10/07/carta-da-cnpdc-entregue-a-ministra-marta-suplicy/#respond Mon, 07 Oct 2013 14:29:26 +0000 http://pontosdecultura.org.br/?p=2487

 

MINISTRA DA CULTURA

 

 

]]>
http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/10/07/carta-da-cnpdc-entregue-a-ministra-marta-suplicy/feed/ 0
Brasil propõe Programa Ibercultura Viva http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/09/26/brasil-propoe-programa-ibercultura-viva/ http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/09/26/brasil-propoe-programa-ibercultura-viva/#respond Thu, 26 Sep 2013 13:42:59 +0000 http://pontosdecultura.org.br/?p=2481
INFORME DA SECRETARIA DA CIDADANIA E DA DIVERSIDADE CULTURAL DO MINISTÉRIO DA CULTURA DO BRASIL

 

Os Ministros da Cultura dos países Ibero-americanos, reunidos no último dia 13 de setembro na Cidade do Panamá (Panamá), para a XVI Conferência Ibero-Americana de Ministros da Cultura, aprovaram por unanimidade a proposta do Ministério da Cultura do Brasil de criação doPrograma IBERCULTURA VIVA – Iniciativa de Fomento à Política de Cultura de Base Comunitária.

Trata-se de um projeto de cooperação técnica e financeira multilateral para fomentar o desenvolvimento cultural, econômico e social tendo como foco principal a política cultural de base comunitária, já desenvolvida em países da Ibero-América, como a experiência brasileira do Programa Cultura Viva que reconhece e fomenta iniciativas culturais, como os Pontos de Cultura, e cria uma rede orgânica de gestão e criação.

A criação do Programa IBERCULTURA já havia sido proposta na Declaração de São Paulo, assinada durante a Reunião Extraordinária de Ministros da Cultura da Ibero-América, realizada no dia 3 de outubro de 2009, em São Paulo (SP), no âmbito do II Congresso de Cultura Ibero-Americana. Este ano, a Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do MinC propôs a retomada do projeto, que poderá contribuir para ampliar a cooperação e a integração da comunidade cultural Ibero-americana, por meio de intercâmbios e do financiamento de projetos.

O Programa IBERCULTURA alinha-se às diretrizes e objetivos da Convenção sobre a Proteção e a Promoção da Diversidade das Expressões Culturais, bem como aos interesses do Conselho Sul-Americano de Cultura da UNASUL, da rede de gestores culturais criada durante o 1º Congresso Latino-Americano de Cultura Viva Comunitária, realizado em maio de 2013 na Bolívia, e dos parceiros bilaterais do Brasil na área da Cultura, tais como a Argentina e o Uruguai.

Após a aprovação na XVI Conferência de Cultura, o IBERCULTURA será analisado pela II Reunião Ordinária de Coordenadores Nacionais e Responsáveis de Cooperação, que acontecerá dos dias 15 a 17/10, na Cidade do Panamá, para posterior apreciação da XXIII Cúpula Ibero-Americana de Chefes de Estados e de Governo, que também será realizada no Panamá nos dias 18 e 19 de outubro deste ano. O tema central da XXIII Cúpula será “O papel do desenvolvimento político, econômico, social e cultural da comunidade Ibero-Americana no novo contexto global”.


Coordenação Pontos de Cultura

Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura
Secretaria de Cultura do Estado da Bahia
(71) 31033413/ (71) 31033444

 

]]>
http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/09/26/brasil-propoe-programa-ibercultura-viva/feed/ 0
Programação e Objetivos Encontro de Culturas Populares e Tradicionais http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/09/17/programacao-e-objetivos-encontro-de-culturas-populares-e-tradicionais/ http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/09/17/programacao-e-objetivos-encontro-de-culturas-populares-e-tradicionais/#respond Tue, 17 Sep 2013 21:15:37 +0000 http://pontosdecultura.org.br/?p=2472 ENCONTRO DE CULTURAS POPULARES E TRADICIONAIS

01 a 06 de outubro 2013

SESC Itaquera – São Paulo/SP

Realização

Ministério da Cultura

Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural

Secretaria de Articulação Institucional

Serviço Social do Comércio – SESC SP

Rede Nacional de Culturas Populares

 

Parcerias

Ministério da Cultura

Secretaria Executiva

Secretaria de Políticas Culturais

Instituto do patrimônio Histórico e Artísitico Nacional

Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular/IPHAN

Fundação Cultural Palmares

Prefeitura de São Paulo

Governo de São Paulo

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq

 

Programação

ü  01 e 02 de outubro

Reuniões de 05 Colegiados Setoriais do Conselho Nacional de Cultura

Reunião da Comissão Nacional de Pontos de Cultura

ü  03 a 05 de outubro

Rodas de Conversa e Conferência Livre de Cultura

ü  06 de outubro

Assembleia do Fórum e da Rede de Culturas Populares e Tradicionais

ü  01 a 06 de outubro

Mostra Cultural

 

Objetivo geral

Fortalecer o exercício dos direitos culturais, a atuação em rede, o diálogo e a parceria entre a sociedade civil, gestores, instâncias de participação social e sociedade em geral no campo das culturas populares e tradicionais para a promoção de um novo ciclo de políticas e ações de valorização e promoção das expressões da diversidade cultural.

Objetivos específicos:

ü  Avaliar as políticas públicas de cultura implantadas nos últimos 10 anos e debater sobre temas relevantes e de interesse dos participantes com destaque para os direitos humanos e culturais, a democratização dos meios de comunicação, o acesso à terra, o desenvolvimento sustentável, as relações da sociedade com o Estado;

 

ü  Difundir e debater as Convenções da UNESCO, a regulamentação da Convenção 169 da OIT e os marcos legais sobre a proteção e a promoção das culturas populares e tradicionais em tramitação no Congresso Nacional e/ou Assembleias Estaduais;

 

ü  Promover a interculturalidade e a vivência da diversidade das expressões e das identidades culturais junto à sociedade, por meio de debates e da mostra artístico-cultural.

.

Resultados esperados:

 

ü  Fortalecimento de ações e de políticas integradas para o campo das culturas populares e tradicionais e da comunicação junto aos gestores, lideranças e parceiros;

 

ü  Realização da agenda dos colegiados setoriais com foco nos planos setoriais de cultura, Plano e Sistema Nacional de Cultura e temas transversais de interesse dos povos e comunidades tradicionais;

 

ü  Elaboração e apresentação de documento de contribuições da Conferencia Livre para a III Conferência Nacional de Cultura, e produção de textos de referência e outros documentos audiovisuais colaborativos para as políticas públicas e ações de fortalecimento e salvaguarda da diversidade e patrimônio cultural do país;

 

ü  Maior capacidade de participação social das lideranças, grupos e coletivos e representantes da sociedade civil por meio do acesso as informação de relevância pública, do diálogo institucional e da colaboração de saberes;

 

ü  Maior informação e articulação da Rede de Culturas Populares e Tradicionais e dos demais movimentos do setor com a ampliação dos canais de dialogo e de participação social;

 

 

Publico alvo

O Encontro reunirá detentores dos conhecimentos tradicionais e das expressões culturais populares de todo o país, além de artistas, lideranças comunitárias, gestores, pesquisadores,  e representantes desse segmento no Conselho Nacional de Política Cultural e em outras instâncias de pactuação da sociedade civil com o Estado.

 

Programação detalhada

01/10 – Terça-feira

12 às 14h – Cozinha São Matheus

Almoço

13h – Ginásio

Quilombaque

 

14h às 18h – Ginásio

Tenda 1 – Reunião do Colegiado Setorial de Culturas Populares do Conselho Nacional de Política Cultural (CNPC) do Ministério da Cultura (MinC)

Tenda 2 – Reunião do Colegiado Setorial de Cultura dos Povos Indígenas (CNPC/MinC)

Tenda 3 – Reunião do Colegiado Setorial de Circo (CNPC/MinC)

Tenda 4 – Reunião do Colegiado Setorial de Culturas Afro-brasileiras (CNPC/MinC)

Tenda Múltiplo Uso II 1 – Reunião do Colegiado Setorial de Patrimônio Imaterial (CNPC/MinC)

Tenda Múltiplo Uso II 2 – Reunião do Colegiado Setorial de Artesanato (CNPC/MinC)

Múltiplo Uso I – Reunião do Colegiado Setorial de Patrimônio Material (CNPC/MinC)

Espaço a ser definido – Reunião da Comissão Nacional dos Pontos de Cultura (CNPdC)

18h às 19h30 – Cozinha São Matheus

Jantar

 

02/10 – quarta-feira

10h às 12h – Ginásio

Continuação das reuniões

12 às 14h – Cozinha São Matheus

Almoço

13h – Ginásio

Grupo UMOJA

 

14h às 18h – Ginásio

Continuação das reuniões

18h às 19h30 – Cozinha São Matheus

Jantar

 

03/10 – quinta-feira

10h – Ginásio

Recepção e apresentação da metodologia

10h30

Abertura oficial com Hino Nacional executado por Pereira da Viola (Belo Horizonte/MG) e Dinho Nascimento (São Paulo/SP). Falas do Sr. Danilo Santos de Miranda (Diretor Regional do SESC), Sr. Juca Ferreira (Secretário Municipal de Cultura de São Paulo) e da Sra. Marta Suplicy (Ministra da Cultura)

11h – Ruas do Sesc Itaquera/Praça

Cortejo de abertura seguido de Ritual da Taquara do Povo Kalapalo (Parque Nacional do Xingu/MT); Ipadè com o Afoxé Omo Orunmilá (Ribeirão Preto/SP) e povos tradicionais de matriz africana (São Paulo/SP) e Levantamento de Mastros com a Guarda da Federação do Congado Mineiro

12 às 15h – Cozinha São Matheus

Almoço

12h30 às 14h30 – Praça

Feira de Artesanato

12h30 – Cozinha São Matheus

Folia Brasileira com o Teatro de Mamulengo do Mestre Valdeck de Garanhuns (Guararema/SP)

 

13h – Praça

Mestres Jongueiros do Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo

Centro de Tradições Populares (Sobradinho/DF) – Tambor de Crioula de Seu Teodoro e Grupo Cupuaçu (São Paulo/SP)

13h45 às 14h45 – Auditório

Oficina Fortalecimento das Redes de Culturas Populares e Tradicionais

15 às 18h – Ginásio

Tenda 1 – Tema: Culturas Populares

Tenda 3 – Tema: Indígenas

Tenda 5 – Tema: Artesanato

Múltiplo Uso II 1 – Tema: Povos e Comunidades Tradicionais

Múltiplo Uso II 2 – Tema: Culturas Afro-brasileiras

18 às 19h – Ginásio

Auditório – Oficina Inventário, Registro e Salvaguarda do Patrimônio Imaterial

18 às 19h30 – Cozinha São Matheus

Jantar

 

04/10 – sexta-feira

10h – Ginásio

Tenda 1 – Tema: Culturas Populares

Tenda 3 – Tema: Indígenas

Tenda 5 – Tema: Artesanato

Múltiplo Uso II 1 – Tema: Povos e Comunidades Tradicionais

Múltiplo Uso II 2 – Tema: Culturas Afro-brasileiras

12 às 15h – Cozinha São Matheus

Almoço

12h – Ginásio

Chegança (Saubara/BA)

12h30 às 14h30 – Praça

Feira de Artesanato

12h30 – Cozinha São Matheus

Folias de Roraima (Boa Vista/RR)

13h – Praça

Mestres de Folguedos da Zona da Mata Pernambucana – Cavalo Marinho

Povo Karajá (São Félix do Araguaia/TO)

13h45 às 14h45 – Auditório

Oficina Fortalecimento das Redes de Culturas Populares e Tradicionais

15 às 18h – Ginásio

Tenda 1 – Conhecimentos Tradicionais

Tenda 4 – Territórios Tradicionais

Tenda 6 – Democratização dos Meios de Comunicação

Múltiplo Uso I – Relação do estado com a sociedade civil organizada e Racismo institucional

Múltiplo Uso II – Educação e Cultura Popular

Auditório – Juventude

18 às 19h – Ginásio

Auditório – Oficina Inventário, Registro e Salvaguarda do Patrimônio Imaterial

18 às 20h – Praça

Feira de Artesanato

Guarda da Federação do Congado Mineiro

Bumba Meu Boi de Seu Teodoro – Centro de Tradições Populares (Sobradinho/DF) e Grupo Cupuaçu (São Paulo/SP)

20h – Palco da Praça

Mestres do Carimbó do Pará

 

05/10 – sábado

10h – Ginásio

Tenda 1 – Conhecimentos Tradicionais

Tenda 4 – Territórios Tradicionais

Tenda 6 – Democratização dos Meios de Comunicação

Múltiplo Uso I – Relação do estado com a sociedade civil organizada e Racismo institucional

Múltiplo Uso II – Educação e Cultura Popular

Auditório – Juventude

12 às 15h – Cozinha São Matheus

Almoço

12h – Ginásio

Bumba Meu Boi de Seu Teodoro – Centro de Tradições Populares (Sobradinho/DF) e Grupo Cupuaçu (São Paulo/SP)

12h30 às 14h30 – Praça

Feira de Artesanato

12h30 – Cozinha São Matheus

Mestres do Fandango Caiçara

13h – Praça

Povo Kalapalo (Xingu/MT)

Mestres do Carimbó do Pará

13h45 às 14h45 – Auditório

Oficina Fortalecimento das Redes de Culturas Populares e Tradicionais

15 às 18h – Praça

Organização social em redes colaborativas e Plenário Final do Encontro

18 às 19h30 – Cozinha São Matheus

Jantar

18 às 19h – Ginásio

Auditório – Oficina Inventário, Registro e Salvaguarda do Patrimônio Imaterial

18 às 20h – Varanda do Ginásio

Feira de Artesanato

Mestres de Folguedos da Zona da Mata Pernambucana – Maracatu Rural

Samba de Roda (Saubara/BA)

20h – Palco da Praça

Show Bá: O Canto dos Tambores – Léo Leobons (Rio de Janeiro/RJ)

06/10 – domingo

10h-13h – Ginásio

Assembleia Geral da Rede das Culturas Populares e Tradicionais

10 às 16h – Praça

Feira de Artesanato

12h30 – Cozinha São Mateus

Ivanildo Vilanova e Zé Cardoso (Garanhuns/PE)

12 às 15h

Almoço

13h30

Folia Brasileira com o Teatro de Mamulengo do Mestre Valdeck de Garanhuns (Guararema/SP)

12h – Varanda do Ginásio

Mestres Jongueiros do Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo

12h – Praça

Povo Karajá (São Félix do Araguaia/TO)

13h

Folias de Roraima (Boa Vista/RR)

14h

Mestres do Fandango Caiçara

15h – Palco

Povo Kalapalo (Xingu/MT)

16h

Cortejo Teatro de Rua – Pombas Urba

 

]]>
http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/09/17/programacao-e-objetivos-encontro-de-culturas-populares-e-tradicionais/feed/ 0
FORMULÁRIO DE CONSULTA À CNPdC – DISPONIBILIDADE PARA PARTICIPAR DE ATIVIDADES EM OUTUBRO http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/09/17/formulario-de-consulta-a-cnpdc-disponibilidade-para-participar-de-atividades-em-outubro/ http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/09/17/formulario-de-consulta-a-cnpdc-disponibilidade-para-participar-de-atividades-em-outubro/#respond Tue, 17 Sep 2013 21:12:17 +0000 http://pontosdecultura.org.br/?p=2464

FORMULÁRIO DE CONSULTA À CNPdC – DISPONIBILIDADE PARA PARTICIPAR DE ATIVIDADES EM OUTUBRO

PREZAD@S PARCEIR@S,CONFORME ENCAMINHAMENTO DA REUNIÃO ENTRE MEMBROS DA CNPdC E DA SCDC, DURANTE A TEIA SÃO PAULO, FICOU COMBINADO CONSULTAR A COMISSÃO NACIONAL SOBRE DISPONIBILIDADE DE PARTICIPAÇÃO DE REPRESENTANTES NO ENCONTRO DO COLEGIADO DE CULTURAS POPULARES QUE SERÁ REALIZADO ENTRE
OS DIAS 01 E 05 DE OUTUBRO DE 2013, NO SESC ITAQUERA, EM SÃO PAULO. 

OBS: DURANTE O ENCONTRO DAS CULTURAS POPULARES SERÁ DISCUTIDO O PROGRAMA CULTURA VIVA, A LEI CULTURA VIVA, LEI DOS MESTRES E A POLÍTICA DE DIVERSIDADE DO MINC. O ENCONTRO CONTARÁ COM A PRESENÇA DE 06 COLEGIADOS DO CNPC.

FICOU ACERTADO AINDA CONSULTAR A COMISSÃO NACIONAL SOBRE DISPONIBILIDADE EM PARTICIPAR DE REUNIÃO PRESENCIAL COM PREVISÃO DE SER REALIZADA ENTRE OS DIAS 01 E 05 DE OUTUBRO DE 2013, EM SÃO PAULO.

OBS:

* 01 A 05 DE OUTUBRO – ENCONTRO DAS CULTURAS POPULARES E COM OUTROS CINCO COLEGIADOS SETORIAIS DO CONSELHO NACIONAL DE POLÍTICAS CULTURAIS/CNPC/MinC

01 A 05 DE OUTUBRO – REUNIÃO CNPdC

*A CNPDC REALIZARIA SUAS REUNIÕES E TRABALHOS INTERNOS EM TURNOS ALTERNADOS AS REUNIÕES DOS COLEGIADOS, RESERVANDO 01 TURNO DE TRABALHO COM O MINC.

* AMBAS AS ATIVIDADES SÃO IMPORTANTES ONDE A PRESENÇA E CONTRIBUIÇÃO DE TOD@S SERÁ FUNDAMENTAL.

*A CNPDC AGUARDA CONFIRMAÇÃO DA SCDC COM RELAÇÃO A CONSULTA INTERNA PARA CONFIRMAÇÃO DA LOGÍSTICA DE HOSPEDAGEM E TRANSPORTE, AINDA NÃO DEFINIDA..

* OS MEMBROS DA CNPdC QUE CONFIRMAREM PARTICIPAÇÃO DEVEM ENCAMINHAR A FICHA CADASTRO DE COLABORADOR EVENTUAL/MinC E DE SOLICITAÇÃO DE VIAGEM NACIONAL PREENCHIDAS E CÓPIA DOS DOCUMENTOS SOLICITADOS NA FICHA, COM O ASSUNTO: REUNIÃO CNPdC/SÃO PAULO, PARA OS EMAILS:

subcomcnpdc@gmail.com
articulacaoemredes@cultura.gov.br

*Para solicitar passagem para Colaborador, além do convite/confirmação de presença/programação é necessário o encaminhamento da seguinte documentação:

-preenchimento da ficha em anexo;
-cópia do RG/CPF/Comprovante de residência/Comprovante bancário;
-currículo
-Preencher a ficha de solicitação

* OS MEMBROS DA CNPdC QUE PARTICIPARAM DA ÚLTIMA REUNIÃO PRESENCIAL, PRECISAM APENAS ENCAMINHAR AS FICHAS DE COLABORADOR EVENTUAL E DE SOLICITAÇÃO DE VIAGEM NACIONAL PREENCHIDAS, NÃO PRECISANDO ENVIAR AS CÓPIAS DE DOCUMENTOS.

SALIENTAMOS QUE A DEMORA NA CONVOCAÇÃO DESTA ATIVIDADE DEVE-SE AOS ENTRAVES BUROCRÁTICOS DO MINISTÉRIO, PORTANTO, SOLICITAMOS URGÊNCIA NA RESPOSTA DESTE FORMULÁRIO, COM VISTAS A GARANTIR A PRESENÇA DE TOD@S @S INTERESSAD@S.

CADA GT DEVE ENCAMINHAR O NOME DO SEU REPRESENTANTE PARA AS ATIVIDADES ATÉ O DIA 18 DE OUTUBRO DE 2013, 12:00, IMPRETERIVELMENTE.

ESTAMOS À DISPOSIÇÃO PARA O QUE SE FIZER NECESSÁRIO.

ATENCIOSAMENTE

Sub Comissão de Comunicação/CNPdC
subcomcnpdc@gmail.com

ACESSE  OS  MODELOS DE DOCUMENTOS NOS LINKS ABAIXO E O CONVITE DA SCDC À CNPdC

FORMULÁRIO DE CONSULTA À CNPdC

Ficha – Cadastro de Colaborador Eventual

Modelo 15-08-2013 Ficha – Relatório de viagem

Modelo 15-08-2013 Ficha – Solicitação de viagem nacional

20130917-OF-CIRC-13- CONVITE COMISSAO NACIONAL DOS PONTOS DE CULTURA

 

]]>
http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/09/17/formulario-de-consulta-a-cnpdc-disponibilidade-para-participar-de-atividades-em-outubro/feed/ 0
Participação da Comissão Nacional de Pontos de Cultura na TEIA GOIAS – Fórum Goiano de Ponto de Cultura http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/09/01/participacao-da-comissao-nacional-de-pontos-de-cultura-na-teia-goias-forum-goiano-de-ponto-de-cultura-data-23-a-25-de-agosto-de-2013-cidade-goiania-go-cnpdc-deize-botelho-gt-para-marcio-bell/ http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/09/01/participacao-da-comissao-nacional-de-pontos-de-cultura-na-teia-goias-forum-goiano-de-ponto-de-cultura-data-23-a-25-de-agosto-de-2013-cidade-goiania-go-cnpdc-deize-botelho-gt-para-marcio-bell/#respond Sun, 01 Sep 2013 22:24:22 +0000 http://pontosdecultura.org.br/?p=2433  

Data: 23 a 25 de agosto de 2013

Cidade: Goiânia-GO

CNPdC: Deize Botelho (GT Pará), Márcio Bello (Gt Tocantins)

 

ACESSE RELATO DA TEIA GOIÁS CLICANDO AQUI

 

 

ACESSE MAIS NOTÍCIAS DA TEIA GO NO SITE DO MinC

ACESSE MAIS NOTÍCIAS DA TEIA GO NO SITE DA SECULT  GO

]]>
http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/09/01/participacao-da-comissao-nacional-de-pontos-de-cultura-na-teia-goias-forum-goiano-de-ponto-de-cultura-data-23-a-25-de-agosto-de-2013-cidade-goiania-go-cnpdc-deize-botelho-gt-para-marcio-bell/feed/ 0
Lideranças de matriz africana divulgam texto orientador em plenária da III CONAPIR Data: 15/07/2013 http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/08/21/liderancas-de-matriz-africana-divulgam-texto-orientador-em-plenaria-da-iii-conapir-data-15072013/ http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/08/21/liderancas-de-matriz-africana-divulgam-texto-orientador-em-plenaria-da-iii-conapir-data-15072013/#respond Thu, 22 Aug 2013 01:27:29 +0000 http://pontosdecultura.org.br/?p=2428

Texto foi lido na abertura da Plenária Nacional dos Povos Tradicionais de Matriz Africana

Produzido coletivamente, o texto foi lido por Makota Valdina na abertura da Plenária Nacional dos Povos Tradicionais de Matriz Africana, ocorrida neste mês de julho como etapa da III Conferência de Igualdade Racial

‘Povos Tradicionais de Matriz Africana’. Este é o título do texto apresentado por MakotaValdina na abertura da Plenária Nacional dos Povos Tradicionais de Matriz Africana, ocorrida nos dias 4 e 5 deste mês de julho, em Brasília-DF, como etapa da III Conferência Nacional de Igualdade Racial (III CONAPIR). Produzido coletivamente, o texto aborda conceitos construídos a partir do diálogo permanente promovido desde 2011 pela Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), e que envolveram lideranças do segmento de todo país e de todas as matrizes.

A III CONAPIR será realizada de 5 a 7 de novembro, em Brasília-DF, com o tema ‘Democracia e Desenvolvimento sem racismo: por um Brasil afirmativo’.

Makota Valdina, cujo nome tradicional é Makota Zimewaanga, é a conselheira ‘mor’ da Cidade de Salvador, convidada a avaliar e avalizar plataformas de governo, campanhas eleitorais e mandatos parlamentares, ou ONG’s e eventos em defesa das tradições de origem africana e do Meio Ambiente. É também chamada a orientar grupos do Movimento Negro e a sistematizar propostas educacionais que dêem conta da diversidade cultural da cidade.

Povos Tradicionais de Matriz Africana

Buscando uma estratégia para o diálogo sobre as políticas públicas para o segmento da população negra conhecido no Brasil como “afro-religiosos”, remetemos ao decreto 6040/2007, que estabelece a Política Nacional de Desenvolvimento Sustentável para Povos e Comunidades Tradicionais, cujas definições e objetivos respondem às pautas colocadas pelas lideranças dos chamados “terreiros”.

O artigo 3º, inciso I, do referido Decreto define como Povos e Comunidades Tradicionais os “grupos culturalmente diferenciados e que se reconhecem como tais, que possuem formas próprias de organização social, que ocupam e usam territórios e recursos naturais como condição para sua reprodução cultural, social, religiosa, ancestral e econômica, utilizando conhecimentos, inovações e práticas gerados e transmitidos pela tradição”.

Em todo o território tradicional, incluindo os chamados “terreiros” ou “roças”, são vivenciados valores civilizatórios e tradições, incluindo a relação com o sagrado, mas não somente. Esse reducionismo das práticas tradicionais de matriz africana apenas a “religião”, nega a real dimensão histórica e cultural dos territórios negros constituídos no Brasil, e, ainda nos coloca diante de uma armadilha, a do Estado Laico, que na prática ainda está longe de ser real, mas o É quando está em “risco” a hegemonia cultural eurocêntrica no país.

Ademais, concordamos plenamente que o Estado deve SER LAICO, para toda e qualquer manifestação religiosa, garantindo sua liberdade de existir, mas não promovendo – a. Entretanto, é dever do Estado promover e valorizar as diversas tradições que formam o país.

Assim sendo, no processo de elaboração do I Plano de Desenvolvimento Sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais de Matriz Africana, no diálogo que mantivemos com o governo e outras lideranças de matriz africana, desde dezembro de 2011, algumas expressões e conceitos foram se materializando e estão presentes no documento. Seguem algumas:

Povos Tradicionais de Matriz Africana
– referindo ao conjunto dos povos africanos para cá transladados, e às suas diversas variações e denominações originárias dos processos históricos diferenciados em cada parte do país, na relação com o meio ambiente e com os povos locais;

Comunidades Tradicionais de Matriz Africana – Territórios ou Casas Tradicionais – constituídos pelos africanos e sua descendência no Brasil, no processo de insurgência e resistência ao escravismo e ao racismo, a partir da cosmovisão e ancestralidade africanas, e da relação desta com as populações locais e com o meio ambiente. Representam o contínuo civilizatório africano no Brasil, constituindo territórios próprios caracterizados pela vivência comunitária, pelo acolhimento e pela prestação de serviços à comunidade;

Autoridades Tradicionais de Matriz Africana – são os mais velhos, investidos da autoridade que a ancestralidade lhes confere;

Lideranças Tradicionais de Matriz Africana – demais lideranças constituídas dentro da hierarquia própria das casas tradicionais;

Intolerância Religiosa
– expressão que não dá conta do grau de violência que incide sobre os territórios e tradições de matriz africana. Esta violência constitui a face mais perversa do racismo, por ser a negação de qualquer valoração positiva às tradições africanas, daí serem demonizadas e / ou reduzidas em sua dimensão real. Tolerância não é o que queremos, exigimos sim respeito, dignidade e liberdade para SER e EXISTIR;

Expressões Culturais de Matriz Africana
– Trata-se das muitas manifestações culturais originárias das matrizes africanas trazidas para o Brasil: reizado, congada, moçambique, capoeira, maracatu, afoxé, blocos afro, dança afro, etc.

 

]]>
http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/08/21/liderancas-de-matriz-africana-divulgam-texto-orientador-em-plenaria-da-iii-conapir-data-15072013/feed/ 0
MOBILIZAÇÃO PARA AS TEIAS ESTADUAIS http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/08/21/mobilizacao-para-as-teias-estaduais/ http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/08/21/mobilizacao-para-as-teias-estaduais/#respond Thu, 22 Aug 2013 00:56:55 +0000 http://pontosdecultura.org.br/?p=2421

Prezad@s Parceir@s do Programa Cultura Viva!

As Teias são o espaço de renovação da magia e do encanto da Cultura Viva deste país , as Teias Estaduais são ainda o importante espaço de encontro, reconhecimento, convivência, capacitação e divulgação de temas prioritários dos grupos, coletivos, comunidades e Pontos de Cultura. Também é o momento onde acontecem os Fóruns estaduais dos pontos de cultura, espaço no qual há a reflexão, avaliação e discussão sobre as políticas públicas de cultura.

Neste ano, os Fóruns Estaduais dos Pontos de Cultura além de eleger seus representantes nas Comissões Estaduais e Nacional também elegerão os representantes que irão participar do IV Fórum Nacional dos Pontos de Cultura/FNPdC que acontecerá durante a Teia Nacional da Diversidade, em abril de 2014, renovando a composição da Comissão Nacional dos Pontos de Cultura/CNPdC. Nesse sentido, é muito importante que as Teias estaduais aconteçam até dezembro de 2013. Se não houver como realizar a Teia Estadual a prioridade é que se garanta então a realização do Fórum estadual, etapa essencial (conforme Regimento Interno do IV FNPdC) para a participação da Delegação Estadual no Fórum Nacional.

Solicitamos a atenção dos Representantes de GTs Estaduais e Temáticos da CNPdC nos estados que forem usar o rendimento de seus convênios para a realização da Teia ou Fórum que façam a solicitação o mais breve possível, dado o tempo necessário para a análise e aprovação do pedido pelo MinC. É importante também que se inclua no plano de trabalho o envio das delegações eleitas para a Teia Nacional e a participação de dois membros da Comissão Nacional dos Pontos de Cultura na Teia e/ou Fórum Estadual. Todas as Coordenações Estaduais de Pontos de Cultura receberam informe do MinC com essas diretrizes.

Ressaltamos a importância da comunicação e a socialização dessas informações e documentos com as Redes de Pontos, Pontinhos e Pontões de cultura de todo o Brasil, é fundamental que estas informações cheguem às ações e agentes do Programa Cultura Viva.

Todos os documentos Referentes às Teias Estaduais e a Teia Nacional 2014 estão postadas no site da Comissão Nacional, ao tempo em que nos colocamos à disposição para o que se fizer necessários nos contatos abaixo.

Teia Nacional da Diversidade 2014.

Venha tecer essa Rede!

Sub Comissão de Comunicação/CNPdC

pontosdecultura.org.br

subcomcnpdc@gmail.com

73 9111 7096

 

CALENDARIO TEIAS ESTADUAIS

REGIMENTO IV FÓRUM NACIONAL DOS PONTOS DE CULTURA

MODELO DE ATA DE ELEIÇÃO DE DELEGADOS

DELIBERAÇÕES TEIA CENTRO OESTE

DELIBERAÇÕES TEIA SÃO PAULO

 

]]>
http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/08/21/mobilizacao-para-as-teias-estaduais/feed/ 0
RELATÓRIO DA PARTICIPAÇÃO DA CNPdC NA TEIA SÃO PAULO http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/08/15/relatorio-da-participacao-da-cnpdc-na-teia-sao-paulo/ http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/08/15/relatorio-da-participacao-da-cnpdc-na-teia-sao-paulo/#respond Thu, 15 Aug 2013 21:14:09 +0000 http://pontosdecultura.org.br/?p=2413  

RELATÓRIO CNPdC TEIA SÃO PAULO – FINAL

 

]]>
http://pontosdeculturabrasil.redelivre.org.br/2013/08/15/relatorio-da-participacao-da-cnpdc-na-teia-sao-paulo/feed/ 0